Torcida, clubes e imprensa: o tabu da homofobia no futebol em documentário

Quando vi Thomas Hitzlsperger voltar a jogar em 2014, foi muito emocionante. Foi nessa época que pensei que era impossível ser homossexual no futebol”. Esse é um trecho de uma entrevista recente do atacante Giroud, que atua no Chelsea. Na entrevista ao jornal Le Figaro, o jogador francês falou sobre um dos maiores tabus do futebol: a homofobia.

O tema está presente no esporte, assim como racismo, machismo e outros assuntos que dificilmente são abordados e questionados. Culturalmente enraizado na sociedade brasileira e mundial, a homofobia tem no futebol um mundo sombrio e pouco falado. Presente em músicas cantadas por torcedores, gritos, brincadeiras e piadas, o discurso homofóbico no futebol não é debatido e rebatido.

Através de um documentário, a Vice abordou esse tabu e por vários ângulos, falando com torcedores, clubes, jogadores e com a imprensa, uma parcela importante no debate. Confira o documentário no canal da Vice no Youtube e vamos debater mais esse assunto!

Nas últimas duas rodadas da Premier League, o campeonato aderiu à campanha RainbowLaces e os jogadores, treinadores e árbitros usaram acessórios para apoiar a causa LGBT.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s