Tri da América: um ano do título da Libertadores do Grêmio

Na noite do dia 29 de novembro de 2017, o Grêmio entrava em campo no estádio de La Fortaleza, na cidade de Lanús, na região metropolitana de Buenos Aires para disputar a final da Copa Libertadores. O adversário e dono da casa havia eliminado grandes adversários e precisava reverter uma desvantagem. O cenário de decisão, com estádio lotado não pesou, nem atrapalhou. Ao lado de quatro mil gremistas, o Grêmio superou mais um obstáculo e levantou o tão esperado tri.

Foram 10 vitórias, dois empates e duas derrotas. Adversários venezuelanos, paraguaios, chilenos, argentinos, cariocas e equatorianos, todos eliminados por uma equipe de qualidade, toque de bola e um objetivo muito bem traçado. Por 25 vezes, o torcedor gremista vibrou com gols de Luan, artilheiro do time com oito tentos, Barrios, que marcou seis vezes, Pedro Rocha, que anotou três e outros guerreiros. Apenas nove vezes, os rivais tiveram motivos para comemorar, já que defensivamente, o tricolor era superior.

Superior também foram as atuações de um jovem meia, cria do clube e que passou à encantar o mundo com seu estilo fino de jogar futebol. O tri passou pelos pés de Arthur, antes de levá-lo para gramados europeus. Assim como passou pelo “Rei da América”, Luan, decisivo, preciso e com requintes de crueldade, como no gol do título. Atuações dignas de um membro da realeza e coroadas com os aplausos de seus súditos.

38733682911_00261d6185_z
Luan foi o melhor da competição em 2017 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Os gols de Fernandinho e Luan, naquele 29 de novembro foram o final apoteótico de uma campanha inesquecível para os gremistas. Tudo aos olhos de um ídolo, digno de uma estátua. Renato Portaluppi devolveu ao Grêmio as conquistas, os troféus e a glória. Campeão como jogador e técnico, histórico e marcante. O eterno camisa 7 foi o líder de um grupo e soube tirar o máximo de seus comandados.

A festa foi grande e merecida. Repetir os feitos de 1983 e 1995 não foi fácil. E a Arena viveu uma noite, mesmo sem futebol, inesquecível há um ano.

Parabéns nação tricolor pelo Tri da América. Aproveite e relembre os momentos dessa conquista nos documentários feitos pela Grêmio TV.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s