Nainggolan detona Martinez, fala em desculpas patéticas e não pensa em voltar para seleção

O futebol belga tem vários grandes jogadores no cenário internacional. Atletas que fazem parte das principais equipes do mundo e desfilam seus talentos e habilidades pelos gramados das maiores e mais importantes ligas. Quando se juntam na Seleção, o desempenho oscila de uma semifinal de Copa do Mundo até ficar pelo caminho na Liga das Nações.

Um desses bons jogadores belgas, mas que viu os últimos resultados de sua seleção de longe foi o meio-campista Naiggolan. O jogador da Inter de Milão ficou de fora da Copa do Mundo da Rússia, e desde então, não é mais convocado. Em entrevista ao ESPN.com, o jogador não poupou críticas ao técnico Roberto Martinez, que segundo ele, deu desculpas patéticas para não levá-lo para o Mundial.

Eu não vou voltar para a seleção novamente. Eu disse que se eu não fosse para a Copa do Mundo, iria desistir e sou um homem de palavra. Eu jogo meu futebol aqui (na Inter), com muito amor pelo que faço, mas tenho uma vida diferente fora daqui”, disse o jogador de 30 anos.

nai
Nainggolan era convocado regularmente, mas ficou fora da Copa (Foto: Arquivo)

Nainggolan era regularmente convocado para a seleção até a chegada de Martinez em 2016. Ele jogou todos os jogos com Marc Wilmots no Euro 2016, mas depois disso, foi chamado poucas vezes até ser cortado do mundial na Rússia.

Se eles mudarem o treinador amanhã e disserem: ‘Vamos lá, vamos lá’, eu não vou. Eu me decidi e eu mantenho isso. Não é como se eu dissesse que não estou interessado enquanto este treinador estiver no comando, para mim, quando eu digo que acabou, acabou. Cada vez que há uma pausa internacional agora, eu tenho quatro ou cinco dias de folga e estou feliz porque posso me concentrar na Inter e em outras coisas”, disse o belga.

Atualmente jogando na Inter, Nainggolan segue sem engolir as decisões tomadas por Martinez para tê-lo cortado do Mundial. “Foi uma ótima experiência, eu tive um ótimo Campeonato Europeu e isso é o suficiente.Eu sou um fã de meus companheiros de seleção, gosto de todos eles e tenho um ótimo relacionamento com todos os jogadores, só que existem algumas coisas que eu não posso aceitar, algumas decisões tomadas”.

O treinador belga afirmou ter deixado o meio-campista de fora por questões táticas, mas que era uma decisão difícil deixar um atleta do nível de Nainggolan de fora. Algo que não convenceu o jogador da Inter.

Fiquei realmente muito desapontado com o fato de ter jogado uma excelente Eurocopa e depois ter sido descartado por nada. Eu estava jogando 50 jogos e ainda estava sendo deixado de fora. Eu nunca exigi que eu tivesse que jogar, eu apenas merecia estar lá no lugar de outros jogadores. Então haviam desculpas, mas todas elas eram patéticas. Eu acho que é errado quando as pessoas dizem coisas sem falar comigo primeiro. Você tem que dizer as coisas na minha cara. Podemos conversar e depois apertamos as mãos e você não me liga de novo, mas eu tenho mais respeito por você do que alguém que não faz isso”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s