Presidente Mauricio Macri revela torcida por final com presença brasileira

Com duas equipes brasileiras e duas argentinas, as semifinais da Copa Libertadores da América prometem ser eletrizantes. Boca x Palmeiras e River x Grêmio começarão logo mais a decidir os finalistas da competição sul-americana em Buenos Aires, mas um argentino em especial parece estar preocupado com a decisão da competição, antes mesmo de saber quem serão os times.

Em entrevista à Rádio La Meca, o presidente da Argentina e ex-dirigente do Boca Juniors, Maurício Macri opinou sobre uma possível final entre os maiores rivais do país e deixou claro que não gostaria que isso ocorresse.

A verdade é que eu prefiro que um brasileiro ganhe e não tenha essa final, porque seriam três semanas sem dormir, se acontecer essa final. É uma loucura. Quem perder levará 20 anos para se recuperar. Eu acho que seria melhor se um dos dois para a final fosse brasileiro”, disse Macri.

Hoje presidente da Argentina, Macri presidiu o Boca entre 1995 e 2007, o período mais vitorioso da história do clube.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s