Doutor em Administração, Chiellini fala em incentivar o estudo para jogadores de futebol

“O jogador de futebol morre duas vezes. A primeira é quando ele para de jogar”, a frase foi dita por Paulo Roberto Falcão, ex-jogador e técnico e é facilmente compreendida, quando percebemos a dificuldade dos atletas em se aposentarem. A vida repleta de adrenalina, disputas, vitórias e derrotas, torna o encerramento de um ciclo dentro de campo muito complicado e o futuro, para muitos, pode ser assustador. Pensar no que fazer após parar de jogar, parece difícil, mas existem exemplos que podem servir como motivação.

Titular absoluto da Juventus e da Seleção Italiana, o zagueiro Giorgio Chiellini é formado em Economia e Comércio e ainda possui doutorado em Administração de Negócios. Multicampeão pela “Velha Senhora”, o jogador de 35 anos concedeu uma entrevista ao FifPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) incentivando o estudo para os atletas de futebol. O zagueiro alertou para a vida pós-gramado e o futuro dos profissionais.

Temos que incentivar os jogadores de futebol a estudar, para que mais atletas tenham um diploma universitário. Porque a vida é longa. A vida será linda depois da carreira de um jogador, mas você tem que se preparar primeiro ou pode chegar aos 35 anos e não saber o que fazer da sua vida”, disse Chiellini.

Muito consciente das dificuldades da profissão, Chiellini lembra que é importante o jogador pensar em sua carreira após a aposentadoria, no começo da carreira. “Com 20 ou 25 anos você se sente indestrutível e capaz de fazer qualquer coisa no futebol. Mas você tem que começar a considerar o futuro porque aos 35 anos sua carreira está mais ou menos acabada”, disse ele.

Com graduação e doutorado feitos na Escola de Gestão e Economia da Universidade de Torino, Chiellini afirmou que nunca teve problemas para conciliar os estudos e os treinamentos. “Nunca perdi um treinamento. Cada jogador pode encontrar tempo para estudar. Você não precisa perder nem um minuto de sua carreira no futebol ou comprometer sua paixão pelo jogo”, comentou o zagueiro.

Um dos pilares da força e das conquistas da Juventus, Chiellini falou também dos riscos, quando não se planeja e pensa numa carreira fora dos gramados. “Apenas alguns jogadores conseguem encontrar um emprego no futebol quando param de jogar. Há também o risco de depressão, e há muitos ex-jogadores com problemas financeiros porque não pensaram na vida depois do futebol, eles não abriram suas mentes estudando”, completou o jogador.

C8vXH_ZXUAAKQgn
Chiellini tem doutorado em Administração (Foto: Reprodução/Twitter)

Antes de encerrar, Chiellini deixou uma bela mensagem sobre o futuro. “Cada pessoa tem interesses diferentes e pode escolher o caminho a seguir depois do futebol, mas o importante é fazer alguma coisa.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s