A importância de Rodrigo Dourado

Além de uma derrota por 2 a 1, da quebra de uma longa sequência de invencibilidade e de um adversário da parte de baixo da tabela, as últimas duas derrotas do Inter no Campeonato Brasileiro tem mais um fator em comum: ausência de Rodrigo Dourado.

Diante do América-MG (26/07 – 2×1) e da Chapecoense (17/09 – 2×1), o volante campeão Olímpico com a Seleção em 2016 e atual capitão do time não atuou. Dos 25 jogos do Inter no Campeonato Brasileiro, Dourado jogou 22 e os números são positivos. São 14 vitórias, seis empates e duas derrotas, com apenas 11 gols sofridos e 30 marcados. Quando ele não está em campo, o que já ocorreu três vezes, o resultado é diferente. Além das duas derrotas já mencionadas, o colorado soma um empate, o que dá um aproveitamento pouco maior que 11%.

Com Rodrigo Dourado

Sem Rodrigo Dourado

22 jogos 3 jogos
14 vitórias 2 derrotas
6 empates 1 empate
2 derrotas 11% de aproveitamento
72% de aproveitamento

Mas então o Inter sofre de uma dependência de Rodrigo Dourado? Segundo o jornalista e comentarista da Rádio Guaíba, Cristiano Oliveira, o Inter não tem no atual elenco um jogador que faça o que o capitão colorado faz em campo.

O modelo de jogo do Inter é altamente dependente de uma peça que ocupe com precisão o espaço entre a linha de defesa e a linha de meio-campo. E não há, em todo o elenco, alguém melhor que Rodrigo Dourado neste posicionamento. Dourado dá o suporte para aliviar a pressão de Edenílson e Patrick, e ao mesmo tempo dá a segurança necessária para que Rodrigo Moledo e Víctor Cuesta não fiquem expostos”.

Para o jornalista Vinícius Fernandes, do portal Footure, Dourado é importantíssimo para o time de Odair Hellmann, principalmente por ter virtudes fundamentais para as necessidades do time.

O Inter é dependente sim do Rodrigo Dourado, pois trata-se do volante com os melhores índices defensivos do país hoje. Ele tem a característica dos principais marcadores: a antecipação. Com uma leitura defensiva apurada, ele está sempre bem colocado para interceptar passes e acelerar o contra-ataque colorado, uma das principais virtudes do time de Odair Hellmann”.

Rodrigo Dourado ainda se destaque em outros números. De acordo com o site FootStats, o volante é o quinto jogador que mais interceptações fez no Brasileirão, 19 em 22 jogos, sendo 16 certas. Ele também tem bons números, quando o assunto são os desarmes. Ao todo, são 57, sendo 50 precisos. Nos passes, mais um bom rendimento do volante colorado, que tem mais de 92% de aproveitamento em passes certos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s